O CÉREBRO É DOIDO?

 página principal

Texto um

Texto dois

Texto três

Resposta

________________________

Um amigo que faz psicologia na UNEB de Santo Antônio de Jesus-Ba mandou-me um texto (abaixo, até P4R4BÉN5!), o que me inspirou a escrever esta matéria, embora o mesmo texto seja encontrado na Internet aos montes.

 

Olha só q legal!!!
O nosso cérebro é doido !!!

Texto 1.

De aorcdo com uma peqsiusa
de uma uinrvesriddae ignlsea,
não ipomtra em qaul odrem as
Lteras de uma plravaa etãso,
a úncia csioa iprotmatne é que
a piremria e útmlia Lteras etejasm
no lgaur crteo. O rseto pdoe ser
uma bçguana ttaol, que vcoê
anida pdoe ler sem pobrlmea.
Itso é poqrue nós não lmeos
cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa
cmoo um tdoo.
Sohw de bloa.

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito. 

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

 

Tente ler o texto abaixo, são as mesmas palavras do texto 1:

Texto 2.

bloa. de Sohw tdoo um cmoo. plravaa aorcdo De
a isladoa, Ltera mas cdaa lmeos não nós poqrue é Itso
pobrlmea. sem e pdoe bçguana anida ttaol ler vcoê, que crteo uma rseto ser pdoe O lgaur no. piremria etejasm Lteras útmlia que a iprotmatne csioa uma a é etãso úncia plravaa Lteras de, em as ignlsea com de uma ipomtra qaul uinrvesriddae odrem, peqsiusa não uma

TOPO ^


Tente ler esse também:

Texto 3.

aorcdo uma De peqsiusa 
as uinrvesriddae ignlsea, não
em ipomtra com qaul de odrem 
Lteras plravaa de etãso, uma
a úncia uma csioa iprotmatne é e 
piremria etejasm útmlia a Lteras que 
lgaur no crteo. rseto pdoe O ser
bçguana uma ttaol, vcoê
anida que pdoe sem pobrlmea. 
Itso ler poqrue nós lmeos é de
cdaa Ltera não isladoa, a plravaa
cmoo tdoo. um 
bloa mas Sohw.

Mesmo já conhecendo as palavras, você tem muita dificuldade no segundo texto, que foi totalmente modificado, e um nível menor no terceiro, que sofreu poucas mudanças.

__________________

TOPO ^

 


resposta

Primeiro é necessário entender o seguinte:

l   a mente não lê, palavras conhecidas, soletrando e

l   um texto, que passa uma mensagem inteligível, é uma sinfonia verbal; conhecendo o tom é fácil dar sequência – fator implícito [sinfonia verbal], não passas pelas linhas do organismo conhecedor (a consciência).

Na constituição estrutural do ser (humano, animal ou vegetal) há uma propriedade que nós rotulamos, na nossa obra, de inércia do comportamento. Essa propriedade tem a função de condicionar, biomecanicamente, toda e qualquer atividade que se repete, liberando o organismo gestor para as atividades pouco comuns ou de maior complexidade. É uma faculdade das células, espécie de micro sistema mental, que faz a ‘máquina’ funcionar sem as complexidades do sistema gestor ou mente.

Você nota que no texto 1, o fluxo ocorre com naturalidade (não há o que interpretar, porque é um texto fácil com palavras banais). As partículas, corretamente posicionadas, dão o tom da harmonia. No início do texto nem se percebe que há erros.
No texto 2, requer interpretação, a dificuldade é imensa (está tudo trocado).
Já no texto 3, com a mudança de partículas e poucas mudanças nas palavras, existe pequena dificuldade com alguns termos que requerem interpretação, mesmo com quase tudo na mesma ordem do texto 1.

No caso que estamos analisando, funciona como uma agência de correios:

l   Texto 1 – correspondências com endereços normais. Vão direto para o carteiro.

l   Texto 2 e 3 – correspondências com endereços confusos. Essas vão para o setor de interpretação, onde terão os endereços normalizados ou serão devolvidas para o remetente.

No primeiro texto as células cerebrais trabalham diretamente, independente das palavras estarem certas ou erradas – as partículas dão o tom da ‘melodia’. Nos outros dois textos [2 e 3] vamos observar uma pequena demora no curso de leitura, que é a intervenção da mente no processo (o bioprocessador de domínio entra em cena e nem sempre ele consegue interpretar a palavra).

Tente ler um texto de cabeça para baixo – você vai notar a mesma lentidão no fluxo.

O cérebro não é doido, a mente é que opera além da consciência que experimentamos no atual nível evolutivo.

– Matéria abrangente, na obra a mente humana.

______________________

Comente este artigo – Se for matéria pertinente, mesmo que contrária às nossas idéias, será publicada nesta página.

<< HOME Page <

<< VER outros artigos <

TOPO ^